June 24, 2017

Com um pé na primeira semana de férias

...ou melhor dizendo, com os dois pés! Já me estava a fazer alguma faltar parar para organizar o meu tico e o meu teco. Eu e todas as pessoas que acordam muito cedo acabam por ter sempre ou um fuso horário diferente ou um cérebro ligeiramente exprimido e eu nem sou dos piores casos. Felizmente o meu ainda dá sinal positivo! No entanto, e mesmo que eu pense que não há necessidade extra de descansar, sei que no fundo pelo menos a cabeça precisa. E por isso lá vou eu. Embora seja tão claro como a água, de que me irei lembrar os meus piriris todos, e que gostava também de estar por lá a fazer umas palhaçadas com todos eles, fazer pinturas que me deixam a mim toda pintada, dançar com todos os dançarinos que tenho na sala e acima de tudo receber mimos a 90% do tempo! 

Mas agora vou apanhar sol, descansar, ler (que é algo que gosto tanto de fazer e o sono não me permite), dar mergulhos e tentar apanhar uma corzinha, que isto de ser branquinha todo o ano é uma coisa que nunca me agradou muito! 

Se for o vosso caso e também estejam a aproveitar alguns dias de sol e praia, gozem-nos bem, eles passam rápido! 



June 22, 2017

Girls Night // MOVIE

Este filme saiu quinta-feira, chegou às salas de cinema recentemente, mas se quiserem dar umas boas gargalhadas podem ir já a correr vê-lo! Eu vi-o na sexta-feira e fartei-me de rir. 

A história é nada mais nada menos do que uma despedida de solteira que volta a unir amigas de liceu e cuja vida fez aquele favor habitual de separar ou pelo trabalho ou por o próprio ser humano comete esse erro de ir adiando as coisas. E depois sem esperarem matam um homem, que julgam ser um stripper convidado para a ocasião, mas que acaba por se revelar outra pessoa que certamente vocês irão descobrir e que acaba por influenciar todo o desenrolar da história! 

June 18, 2017

Uma tragédia


Portugal acordou hoje no meio de uma tragédia. O número de mortos ronda os 60 e eu pergunto-me como é que é possível acontecerem coisas destas? Estão mobilizadas 700 pessoas e o fogo continua a lavrar sem parar. Vidas roubadas a troco de nada e provavelmente o número não fica por aqui. É um amanhecer triste, que não se consegue compreender. Há que voltar a agradecer mais uma vez a todos aqueles que vão lutar e que vão tentar apagar mais um fogo, este, um dos piores segundo li. Portugal não passava por uma tragédia tão grande há anos e provavelmente hoje será a notícia do dia. 

E nós que somos egoístas tantas vezes e nos queixamos de quando chove, que é uma chatice e que é um tempo de que não gostamos. Só que ele faz falta. Provavelmente nada estaria tão seco quanto estava e quem sabe, talvez se pudesse controlar melhor este maldito fogo. 

Força para todos os que lá estão e que saiam de lá da melhor forma possível.
Todos estão a pedir o mesmo.