September 07, 2017

O guarda-costas e o assassino // MOVIE


Nas idas habituais ao cinema vão aparecendo inúmeros trailers, muitos não me chamam a atenção, mas este assim que surgiu fiquei com vontade de vê-lo e acabei por vê-lo pouco tempo depois de ter sido a estreia em cinema.  Só não tinha tido tempo para confirmar que vale mesmo a pena!

O filme tem vários momentos em que se vive uma comédia, mas também tem outros em que é quase viver entre a vida e a morte e nem sabemos ao certo o que é que irá acontecer no minuto seguinte. 


Além disso, a história dá muitas voltas e apesar do guarda-costas estar a proteger a vida de um assassino que precisa chegar ao tribunal para depor contra um homem que só iria preso caso este assassino conseguisse chegar a tempo, e como é claro, tudo foi feito para que ele não chegasse lá. Mas felizmente chegou a tempo e a história não acabou tão mal quanto poderia ter acontecido. Outro ponto que destaquei deste filme é deixarem-nos a pensar em quem é de facto mau, quem é que é realmente assassino. Se é quem mata para fazer um massacre, ou se é quem já matou algumas pessoas, mas todas elas pessoas que faziam mal a outras. O guarda-costas descobriu que este homem (o assassino) com 16 anos apenas, tinha morto o homem que matou o pastor de uma igreja próxima, mas o que se vem a descobrir no fim do filme é que o pastor era pai dele e que ele sentiu que precisava matar quem matou o seu pai. O resto é quase uma consequência. Mas nada melhor do que verem! Até porque dito desta forma, quase parece um drama e o filme é para rir do inicio ao fim. A história de amor também traz alguns momentos mais apaziguadores do filme e não tão fraturantes.

Por isso, e sem mais demoras, caso não tenham visto o trailer, espreitem. Vale mesmo a pena e entenderão melhor o que quero dizer.

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.